Cerveja Therezópolis na porta da Geladeira

Posted in Lançamento para cerveja, Uncategorized with tags , , on 01/12/2010 by Rodrigo Correia

Você sempre desejou ter aquela geladeira com água na porta? Esqueça, tá na hora de pensar grande. Que tal cerveja na porta, tirada na hora. Recebi dia desses um e-mail com esse maravilhoso lançamento dos suecos da Asko HomePub. Se é verdade ou não eu não sei, mas que logo sonhei com uma boa cerveja na porta, ainda mais nesses dias abafados que tem feito. Pessoal da St. Gallen, chegou a hora de lançar a lata de 5 litros da Cerveja Therezópolis, já que é tão boa quanto chopp, nada melhor que tirar na porta da geladeira.

copo de cerveja therezópolis
Geladeira com cerveja na porta

No barzinho agora só cerveja premium. Cerveja o que?

Posted in Cerveja, Cerveja no Brasil with tags , , , on 21/09/2010 by Rodrigo Correia

Todos que gostam de frequentar um bom barzinho com a turma, assistir a um jogo de futebol ou simplesmente bater papo, sabe que um bom acompanhamento é uma cerveja gelada. Que tal fazer tudo isso tomando uma cerveja premium? Você não sabe o que é uma cerveja premium?

No mercado brasileiro as cervejas mais consumidas são as do tipo pilsen, criadas em 1842, na cidade de Pils, na República Checa. Cervejas Pilsen possuem variação alcoólica entre 3% e 5% e correspondem a cerca de 94% do atual mercado brasileiro, que consome 9 bilhões de litros por ano. O domínio do mercado se reflete diretamente na forma de fabricação do produto, que acaba ganhando gosto padronizado com o objetivo de atingir o maior número de consumidores possível.

O segmento premium, que hoje atinge 6% do mercado, apresenta como diferencial não apenas o preço. A composição dos produtos e a matéria-prima utilizada conferem maior qualidade ao líquido final. Nas cervejas premium, não são utilizados nem o trigo, nem o arroz. A fermentação é feita a baixas temperaturas e apenas puro malte é empregado. Produtos químicos, responsáveis pela maior durabilidade não são adicionados. Desta forma, o tempo para consumo também é reduzido. Nossa dica, é claro que é a cerveja Therezópolis Gold.

Therezópolis Gold é uma Premium Lager - Puro Malte, agradavelmente encorpada, produzida com três tipos de lúpulos importados e a mais pura água mineral das montanhas. Também se destaca como grande diferencial seus 15 dias de maturação que proporciona ao apreciador o sabor, a levesa e o aroma inconfundíveis que destacam nossa Cerveja das demais (as demais levam apenas 7 dias).

A cerveja Therezópolis Gold está de acordo com a Reinheitsgebot ou Lei da Pureza, que há séculos rege a elaboração das melhores cervejas do mundo.

O cuiabano também bebe Therezópolis Gold

Posted in Cerveja, Cerveja no Brasil, História, Therezópolis Gold no Brasil with tags , on 17/09/2010 by Rodrigo Correia

Os cuiabanos começam a provar novos sabores e texturas da bebida mais popular no País. Marcas de cerveja, com renome internacional, e também nacional, como a  nossa Therezópolis Gold começaram a chegar aos supermercados de Cuiabá.

A coluna de ANSELMO CARVALHO PINTO, no Diário de Cuiabá, explica bem porque os cuiabanos estão consumindo e adorando esses novos sabores e texturas de cerveja. Vale a pena conferir a coluna, publicada abaixo e claro experimentar a Therezópolis Gold.

”Dizem que o cuiabano costuma se vangloriar por ser um dos maiores consumidores de cerveja do País. Se não comprovam, o calor desértico, a sociabilidade do povo e a rica culinária local desenham um convite para uma boa rodada de cerveja. É difícil supor se o cuiabano bebe mais ou menos que o carioca ou paulistano.

Se sobre a quantidade não existe consenso, sobre a qualidade há fatos que refreiam qualquer argumento: a maioria dos cuiabanos bebe mal. E bebe mal porque, basicamente, só tem acesso a um tipo de cerveja, a pilsen – presente em dez entre dez mesas de bar.

A chegada de uma nova leva de cervejas importadas e artesanais a dois supermercados de Cuiabá, o Comper e o Big Lar, está fazendo sombra ao monopólio da pilsen, categoria na qual se enquadram as marcas mais vendidas no Brasil, e em Mato Grosso por tabela.
Após uma pesquisa que detectou o anseio dos clientes por cervejas diferentes, mais requintadas, o supermercado Comper tratou logo de aumentar sua oferta de cervejas nacionais e importadas, como explica o gerente regional do supermercado Comper, Albanes Tiago da Silva. Por enquanto, é o Comper quem oferece a maior gama de rótulos, cerca de 60, de países como Bélgica, Alemanha, Austrália, República Tcheca, Inglaterra e nacionais como a Therezópolis Gold e a Baden Baden. “A aceitação foi imediata”, reforça Albanes, um abstêmio que soube enxergar o potencial da cerveja em suas lojas. A procura só tem aumentado, muito por causa do boca-a-boca da clientela, diz.

Embora tenha sido o primeiro supermercado a trazer novos produtos, o Big Lar apresenta um portfólio mais modesto: resume-se, basicamente, às alemãs Edinger e Paulaner e às brasileiras Bohemia Weiss, Devassa e Therezópolis Gold.

A vantagem da entrada dos supermercados no ramo é a possibilidade de ampliar a oferta, reduzir os preços e atrair novos consumidores.”

Cerveja Premium de cor escura é Ebenholz

Posted in Cerveja with tags , , , on 31/08/2010 by Rodrigo Correia

Como já falamos no primeiro post sobre o pioneirismo da Therezópolis, A cervejaria St. Gallen lançou também sua primeira cerveja premium de cor escura, a Therezópolis Ebenholz – ébano, em alemão –, uma ótima pedida para o inverno. A cerveja chega ao mercado apenas em versão short neck, de 355 ml.
Elaborada no tradicional estilo Munchner, a segunda cerveja da marca Therezópolis é uma Premium Dunkel, produzida com tipos nobres de maltes, lúpulo e a água mineral das montanhas de Teresópolis, na região serrana do Estado do Rio de Janeiro. O resultado é uma cerveja aromática, com um marcante sabor maltado e notas de torrefação equilibradas pelo frescor do lúpulo.

Cerveja-Therezópolis-Ebenholz-355ml

Therezópolis Gold agora em versão short neck

Posted in Cerveja with tags , , , , on 30/08/2010 by Rodrigo Correia

Therezopolis-Gold-Short Neck

De olho no mercado de restaurantes e hotéis, festas e eventos, a cervejaria St Gallen  lançou a cerveja Therezópolis Gold em embalagens de 355 ml, short neck. Segundo Marco Antonio Frederico, gerente de Marketing da cervejaria “o formato 600 ml impedia o produto de estar em um frigobar, por exemplo, e encontrava algumas restrições para consumo em festas e eventos.”

A St Gallen com o lançamento da versão short neck  (355 ml) da cerveja Therezópolis já aumentou as vendas em 20% . Sua produção atual que é de 50 mil caixas por mês, já tem capacidade produtiva para 300 mil.  Marco Antonio Frederico, acredita que a distribuição da Therezópolis Gold na versão shortneck atinja mais pessoas e outros mercados, ele ainda destaca que a distribuição já é nacional. Ela pode ser adquirida nos melhores pontos de venda de Florianópolis a Salvador.

Como falamos em eventos e Salvador, meu amigo Rodrigo Scholl que escreve o blog sobre o Bloco Camaleão me disse que em Salvador muitas pessoas já estão experimentando e gostando da cerveja, fica a dica aí pra Therezópolis  invadir o carnaval de Salvador.

O sabor de Therezópolis Gold

Posted in Sem categoria with tags , , , on 28/08/2010 by Rodrigo Correia

Therezópolis Gold - 600ml

A Therezópolis Gold é uma cerveja Premium, agradavelmente encorpada elaborada com o puro malte, três tipos de lúpulos aromaticos e a cristalina agua mineral das montanhas. Therezopolis Gold é produzida de acordo com a Reinheitsgebot , a Lei de Pureza que ha cinco séculos rege a elaboração das melhores cervejas do mundo.

Nem precisava dizer isso, a Therezópolis Gold é uma pilsen nacional bem acima da média. Dona de uma bela cor dourada e espuma que faz lembrar um bom chopp, se apresenta levemente perfumada, prolongando-se no gosto suave de malte e lúpulo e final levemente adocicado. É refrescante e saborosa como poucas, que me perdoem os admiradoras das outras pilsen nacionais, mas a Therezópolis Gold pra mim é imbátivel.

Desde o primeiro contato me tornei um assíduo fã e por que não uma espécie de divulgador, afinal amigo que é amigo só indica coisa boa. Muitos amigos já aderiram a Therezópolis Gold. Penso que um dia conseguirei fazer o churrasco dos amigos regado a Therezópolis, infelizmente isso ainda é um sonho bem distante ou quase impossível segundo a analogia que um amigo fez  ninguém faz churrasco só com filé mignon. É pode ser.

O pioneirismo da Therezópolis

Posted in Cerveja, História with tags , , , , , on 23/08/2010 by Rodrigo Correia

Em 1912, o empreendedor Alfredo Claussen, descendente de imigrantes dinamarqueses que povoaram Teresópolis durante o século XIX, foi pioneiro ao fundar a Claussen & Irmãos, a primeira cervejaria e indústria de Teresópolis, município onde nasceu e viveu durante toda a sua vida. Surgia assim a cerveja Therezópolis, alegria não somente de seu criador, mas de toda a população da região.

Até então, a família Claussen produzia cerveja artesanal apenas para consumo próprio, mas a refrescante bebida se tornou tão popular que ele resolveu produzi-la para consumo em maior escala. Therezópolis foi concebida com grandes diferenciais: a tradição nórdica resgatada dos antepassados de Claussen, o uso da melhor matéria-prima importada da Europa e a cristalina água mineral das montanhas de Teresópolis.

Durante a Primeira Guerra Mundial, devido ao rompimento do Brasil com o bloco Germânico, mestre Claussen encontrou muitas dificuldades de importar matéria-prima de qualidade, impedindo-o  de produzir a Therezópolis dentro dos padrões por ele exigidos. Em 1918, o mestre-cervejeiro então encerrou a produção em escala.

Em homenagem a esta história de pioneirismo e a cidade de Teresópolis, a St. Gallen relançou a Therezópolis Gold, uma cerveja premium para os apreciadores mais  exigentes e posteriormente uma cerveja do estilo dunkel, que foi batizada de Therezópolis Ebenholz, uma cerveja premium forte e de cor escura.


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.